Notícias

Sulpetro tem primeiro dia de revisão anual do PE

O Sulpetro promoveu, na tarde desta terça-feira (20), o primeiro dia do evento de revisão anual do Planejamento Estratégico da instituição, realizado de forma virtual neste ano, e que com a participação de diretores, colaboradores e fornecedores da instituição. “Estamos passando por uma evolução do Planejamento Estratégico, sempre verificando o que é possível extrair de positivo para a entidade”, disse o presidente do Sindicato, João Carlos Dal’Aqua ao abrir o encontro. Está é a oitava edição de revisão do PE, que foi implantado em 2012 no Sulpetro.

Para enriquecer a reunião, o especialista na estruturação de operações de Mergers and Acquisitions (fusões e aquisições), Andreas Stampe, palestrou sobre o “Cenário econômico 2021”. Sócio da Bateleur, assessoria estratégica e financeira especializada em M&A, ele destacou que o mundo nunca viveu momentos de tantas incertezas desde a chegada da pandemia de Covid-19. “Anteriormente, eram decisões políticas a serem tomadas que influenciavam nas questões socioeconômicas. Agora, são situações que fogem do nosso alcance”, justificou.

Stampe abordou o panorama internacional, especialmente as consequências da guerra comercial entre China e Estados Unidos para o Brasil e a preocupação com a segunda onda de coronavírus na Europa (com o temor do fechamento das atividades novamente). “O enfraquecimento dessas economias gera efeitos para nós”, disse.

Ele também destacou as taxas de desemprego no País, que caíram significativamente neste ano, puxadas pelo setor de serviços, comércio e indústria. “Em dezembro de 2019, estávamos começando a vislumbrar um cenário melhor, com 11% de taxa de desemprego. Mas com a pandemia, atualmente, alcançamos 13,8%”, explicou.

Em âmbito regional, o palestrante elencou algumas semelhanças e diferenças do atual momento político-econômico do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. “Aqui, temos uma discussão em torno da reforma tributária, eleições municipais acontecendo, a volta às aulas, a estabilização dos casos de coronavírus e o aumento da safra. Lá, há o processo de impeachment do governador do Estado em andamento, ocorrência de eleições municipais, volta às aulas e o aumento da safra”, citou.

Stampe frisou ainda alguns desafios estruturais para a retomada efetiva do crescimento econômico brasileiro. “Isto depende da melhora das expectativas dos consumidores e empresários do País, condicionada a ações do governo, como um plano de concessões, privatização, segurança jurídica, reformas estaduais e federais”, ressaltou.

A verificação do Planejamento Estratégico segue nesta quarta-feira (21), às 14h, com a apreciação de indicadores de desempenho de 2020, das competências da liderança e ações de desenvolvimento, além da avaliação de resultados e elaboração de planos de ação.


Publicidade